Breaking

"Triste de um povo que ainda precisa de heróis".


Sempre que releio a frase "Triste de um povo que ainda precisa de heróis", do dramaturgo Bertod Brecht(Ver errata no final do texto), fico imaginando o tamanho da verdade contida em tão poucas palavras. Segundo a minha ótica, visão de mero escritor e poeta, logicamente, Bertod Brecht se referia ao Governo e aos governantes como heróis. Claro que voce que é Historiador, Doutorado, Formado em Filosofia, Letras ou seja lá qual for a área, pode me contestar, eu respeito isso, mas darei aqui a minha opinião sobre esta iluminada frase de Bertod Brecht. Porque ironicamente o Bertod Brecht referiu-se aos Governos e seus representante como heróis? Vamos ao conceito popular do que entendemos ser heróis: Heróis são os salvadores, aqueles que lutam pelo povo, aqueles em quem o povo "fraco e oprimido" deposita sua confiança e acredita em seus poderes para tirá-lo dos apuros. De fato o povo é oprimido, mas por quem? Quem oprime o povo? Ai esta o "X" questão. O povo é oprimido pelos heróis. Mas estranho fato nisto tudo é que herói e vilão sejam a mesma pessoa. Na verdade a diferença entre o herói e o vilão, são as atitudes, no mais, ambos tem poderes e a forma como usam seus poderes é que define quem é quem. Durante as campanhas políticas, lá estão os "heróis" discursando bonito, fazendo o povo acreditar que eles são verdadeiros Chapolins Colorados nas nossas vidas. E o povo atormentado grita: E agora, quem poderá nos socorrer? Surge então aquele ser mágico, cheio de propostas inacreditáveis e mirabolantes para promover a salvação do povo. Passadas as eleições, os Chapolins se aposentam e mudam suas lindas capas vermelho carmesim, assumindo suas verdadeiras identidades de vilões, vis e opressores. Feito isso, tudo que sobra ao povo são as promessas passadas, nas quais como cegos acreditaram. Discursos em que os heróis falam de si mesmo e da sua capacidade de defender os interesses do povo, dos "mais sofridos", "menos favorecidos", dos "mais carentes". Na linguagem dos heróis é assim;pobre não é chamado meramente de pobre (é ofensivo, ofende o eleitorado), chama-se de "classes menos favorecidas". Fica lindo não? Frase ampla e bastante usada: "Acabar com a miséria e a pobreza". Esta é célebre, tudo que se espera ouvir num discurso. Mas os heróis também tem pronunciamentos mais chiques, do tipo; "Aquecer a Economia Global", "Gerar subsídios para aquecer o Mercado de Exportação", "Produzir o equilíbrio da Balança Comercial", "Aumentar o Produto Interno Bruto e a Renda Per Capta". Não podemos reclamar que nossos Chapolins Colorados não sabem discursar, isto sabem e podem ensinar. São Doutores nesta arte nobre. Voltemos a Tchê Guevara então: "Triste de um povo que ainda precisa de heróis". Entendeu agora? O povo brasileiro está a anos, cego, precisando de heróis. Heróis que são figuras que só existem nos gibís, lembrando Raul Seixas. O povo ainda não percebeu que Durango Kid não existe, Super Man, Mullher Maravilha, X-men também não! O que vemos nas tribunas são produtos de discursos, heróis produzidos por um Marketing Político/Pessoal muito bem elaborado, gente que se transformou em PHD da arte de vender a própria imagem. O poder está onde sempre esteve; nas mãos do povo. O poder é o VOTO! É o voto que determina quem fica e quem nunca mais entrará nos palácios, nos luxuosos gabinetes. Somos nós, o povo quem ESCOLHE quem vai ser o herói da vez. Mas se um dia o povo acordar e descobrir que não precisa de heróis, ai sim, a Nação Brasileira estará reconstruindo a sua Bandeira.

Errata: A frase "Triste de um povo que ainda precisa de heróis" foi mencionada por mim aqui como sendo do revolucionário Tchê Guevara, mas na verdade esta é uma frase do dramaturgo Bertold Brecht. A tempo agradeço ao leitor que me alertou e também peço desculpas aos demais. A foto de Tchê permanece no cabeçalho devido ao revolucionário acrescentar e ilustrar muito bem este texto. Mais uma vez peço desculpas a todos.

Por Tony Casanova - Direitos Autorais e Copyright reservados ao autor.

Seguidores do Google

Busque por Tag

#007 #ActionDay2014 #Adsense #Adword #agradecimentos #América #Amigos #amor #Anúncio #Arte #artesanato #Assassinas #Assoreamento #Benefício #Blogatcion14 #Blogger #Blogueiros #BlogUpp #Brasil #buscadores #Casamento #Celebridades #Celebrities #cidadania #Cinema #Clima #comentário #comentários #Como #comportamento #Construtores de Sonhos #Conteúdo #Conto #Convivência #cultura #Curiosidades #decepções #declaração #desejos #Dia da Criança #dica #Dicas #direito #discriminação #Divulgação #Doação #Dúvida #E-Commerce #Educação #ensino #Escolha #estréias #ética #Família #Fatos #felicidade #Fenômenos #fidelidade #filme #filmes #Fracasso #Francisco #FrenteFria #Fundamentos #Geadas #Gentileza #google #grécia #Grupo #Hemocentro #história #iban #inequality #informação #informática #inimigo #Investigação #Investigativa #Justiça #Leitura #Ler #Linha #Literatura #Livros #Mais #Mamonas #Marketing #Melhor #mensagem #meteorologia #moral #Motivacional #Mulher #Multilingue #Música #Musical #Natal #Negócios #Nordeste #Opinião #Oportunidade #papo de poeta #Permutas #Poesia #Preconceito #Princípios #Processo Criativo #Produtos #professor #Propaganda #prosa #qualidadedevida #qualomelhor #Redes Sociais #RedesSociais #Relacionamentos #Respeito #Rio #Rock #Romance #saibacomo #São #saudade #search #sensualidade #Serviços #Sexo #Sociabilidade #Sonho #spectre #Stars #Sucesso #swift #telefonia #Tempo #tentação #terceira idade #Texto #Tony Casanova #Tornados #trabalhadores #troia #UniBlogs Brasil #Utilidade Pública #VelhoChico #Vender #Verdade #Vida #vitória 22ª Bienal do Livro 2012-São Paulo A dor a força dos sonhos a força que vem dos sonhos A importância de ser mulher a Mulher e seu importante papel na sociedade Aleijadinho amor Amor de mãe Amor ou egoísmo? Aos meus amigos Art Arte Baladas em Aracaju Bertod Brecht blogger Blogosfera blogosferas Blogs blogueiros BlogUpp Brasil Brazilian Cronicle Bullying cantora revelação de 2011. Carnaval em Aracajú Casaca de Couro Cem anos de Frevo em Recife Brazilian Carnival from Recife Coisas que só Mamãe dizia Comentários Como conquistar seu parceiro Como escolher amigos no Face como reacender seu casamento Como tornar-se um blogueiro de suceso Confiança Conto Conto - Mel e o Poeta Copa do Mundo 2014 cow girl Crônica crônica bagunçaram minha vida Crônica Mania que temos vergonha de confessar Crônica Os apelidos do sexo Crônicas Cultura Culture danos Depressão Desejos de uma loba Dia das mães. Dia dos Namorados Dicas de segurança Dicas para dicas para twitter Diferença do erótico e o pornográfico Dono de nada Ecologia - Aracaju e o grito da natureza erros no facebook estilo de vida Eu Eu te fiz um sonho Eventos Faça sucesso em seu blog Face Facebook dicas facebook. falha na conexão Família Fascinação Forró Google Humor Informação cultural informática Information and cultural Sergipe Brazil iniciantes no twitter Jóia Rara Literatura Literature Maysa Reis melhore seu alcance no twitter Mineirices musa Natal O discurso de Fernandes Honesto o DNA da sociedade O perigo dos compartilhamentos o poder da superação O que faz ser melhor? O romantismo morreu? Opinião Opinião e política Opinião empresarial Orkut Paixão a arte de despertar para a vida palavra mágica Pobre ou rico o que vai ser? Poema Poesia Poesia É raro Poet Tony Casanova Poeta Tony Casanova Política Política brasileira Política emprsarial Por que escrevo Pré-Cajú Primeiro lugar Pura Cultura Quando a gente ama quando só as aparências importam quebras quinto poder Redes Sociais Reflexões relacionamento Reveillon em Aracajú Roda Cultural São em Sergipe Saudosismo Se eu pudesse Selma Mendonça Eventos Ser mulher Sergipe Poet Tony Casanova Sobre Roda Cultural sonhos SOPA E PIPA Stand Up Comedy tempos que não morrem na lembrança Texto Gospel. the international day of woman Top 100 Brasil TPM Traição. twitter twitter iniciante um dia especial para todos. Um lugar ao Sol. vaqueira vencedores Violência Não Você e o Amor