Divina criatura.







Fostes feliz ó senhor
Numa inspiração tão divina
Das tuas mãos no labor
Em obra tão cristalina/

Nasceu então a pureza
Nobre e doce criatura
Com sorriso de princesa
Um dengo na candura/

Lhe deste então o sorriso
Marca presente no rosto
O perfume do narciso
Como as flores de agosto/

O misto mulher menina
O encanto,a formosura
Em tudo,tudo és divina
Tão divina criatura.