O hoje de amanhã.


Não é incrível como vivemos o hoje preocupados com o dia de amanhã. É como se as nossas preocupações fossem resolver os problemas ou melhorar nossa situação. O resultado disto é que sofremos por antecipação, adiantamos tristezas e as depositamos na nossa conta hoje por algo que nem sabemos ao certo se irá ocorrer. Um adágio popular diz que “O amanhã a Deus pertence.” Existe muita lógica nesta afirmação e ainda que não houvesse, saberíamos que se o dia de amanhã não pertence a Deus, também não nos pertence, desta forma sofrermos hoje não resolve absolutamente nada!
Precisamos estar convictos de que o amanhã inicia-se hoje, agora e que jamais o alcançaremos a não ser como o dia de hoje. Em nossos sonhos o amanhã quer dizer mudanças, melhorias que devemos esperar, mas esperar como se hoje nada fizermos para que o porvir seja melhor? Nada acontecerá no futuro se não fizermos a nossa parte no presente. Ficar sentado, com a boca escancarada e cheia de dentes, esperando a morte chegar não irá resultar em nada, tenha certeza disso. Se quisermos um futuro melhor, um amanhã promissor e repleto de realizações devemos por as mãos à obra e lutar por isso.
Se você observar o mundo à sua volta, a vida das pessoas que conhece verá que cada uma delas possui um padrão. Algumas conseguiram realizar vários sonhos, outras permanecem a sonhar, mas o mais importante é que aquelas que conseguiram êxito nos seus objetivos foram as que batalharam por isso. Que lutaram muito até conquistar seus sonhos. A vida não é injusta a ponto de ser desigual, mas premia muito bem os esforços daqueles que dela não desistem. Até mesmo em situações de extrema miséria é possível encontrar sonhadores, portanto sonhar não é uma questão de status ou condição financeira, mas sonhar é o primeiro passo para que se alcance um objetivo. Em nosso país vivemos um misto de fartura e fartura, onde muitos jogam alimentos ao lixo, outros apanham aquilo que foi jogado fora, mas quem apanha também sonha com uma vida melhor e se mantém vivo para poder realizar estes sonhos.
Não é preciso estar dormindo para sonhar, mas é preciso estar vivo para realizar sonhos. Vivo em todos os sentidos, não só no sentido físico, mas vivo na alma, na esperança, no espírito. Agarre-se a esperança e comece a construir, ainda que a passos lentos, cada compartimento dos seus objetivos. Vá devagar, não tenha pressa, a vida estará lá na frente te aguardando com um sorriso enorme e um buquê de flores para te entregar e ai você poderá dizer: Venci mais uma, mas a batalha continua.

Texto do Escritor Brasileiro Tony Casanova. Direitos Autorais Reservados ao autor. Proibida a cópia, colagem, reprodução de qualquer espécie ou divulgação em qualquer meio, do todo ou parte dele, sem autorização expressa do autor sob pena de infração ás Leis Brasileiras de Proteção aos Direitos Autorais.
Copy Right 2014 by Brazilian Writer Tony Casanova. All Rights Reserved.