Porque a sensualidade? [Tony Casanova]


Muitos leitores andam me perguntando porque a inclusão da sensualidade dentro dos temas do Projeto Roda Cultural. Darei aqui esta explicação porque acredito que esta seja uma dúvida de muitos outros leitores que me seguem. Primeiro eu gostaria de ressalvar que uma coisa é sensualidade e outra é pornografia. Não trabalho em hipótese alguma com material pornográfico, até porque a função do Projeto não é esta. Desde que administro o Roda Cultural que venho analisando os números das estatísticas colhidas nas CEOs que me orientam e estes números apontavam para um número disparado de leitores voltados para os temas Relacionamentos e Sensualidade, por esta razão inclui este tema dentro da minha pauta de trabalho. Acreditem, não é fácil trabalhar com este tema devido ao tabu existente em torno do assunto.Difícil entender o porque da surpresa de alguns leitores em relação a sensualidade como tema se nas mídias abertas, principalmente nas novelas e filmes o tema é aceito e assistido até por quem não deveria ter acesso.
Eu sou um escritor e trabalho com Literatura, sendo assim utilizo todos os gêneros que domino nesta área, dentre eles está o Lirismo que utilizo nos textos voltados a abordagem da sensualidade. Estranho é que na minha infância vi na escola várias fotografias de esculturas de Michelangelo cujo tema era sensualidade. A nudez era explorada como forma de Arte. Vários pintores retrataram a nudez da mesma forma, sem falar de fotógrafos, escritores e vários outros artistas. Quem leu Jorge Amado nem deveria assustar-se com o que escrevo. Outro autor de poemas e poesias eróticas, o baiano Gregório de Matos Guerra, também conhecido pelo apelido carinhoso de "Boca do Inferno", escreveu textos que apesar de líricos, possuía uma linguagem que arrepiava os leitores na época.
Em pleno Século XXI, com a liberdade sexual totalmente escancarada na internet onde de tudo se mostra e se pratica, onde as novelas mostram cenas que beiram a pornografia explícita e até nos comerciais se exibe erotismo e sensualidade, os leitores vão questionar sobre sensualidade no Projeto Roda Cultural, difícil de acreditar. Graças a Deus não são todos, sequer são maioria, mas incomoda-me este puritanismo diante de uma realidade tão oposta quanto a que vivemos. Enquanto escritor respeito a opinião dos meus leitores, ouço e leio todas elas e por isso estou escrevendo esta matéria. De forma alguma você irá encontrar nos nossos blogs a abordagem de um tema sensual que fuja do lirismo e adentre na pornografia. Nem mesmo no meu blog Erotikkuscujo tema é erotismo o leitor encontrará uma abordagem que não seja lírica. De toda sorte agradeço pelas críticas, são elas que me fazem crescer, que me levam a melhorar o que faço e reiterar o compromisso assumido com os leitores de respeitá-los sempre. Obrigado por sua presença aqui e gostaria que você se sentisse á vontade para dar sua opinião através de um comentário. Seja bem vindo e retorne sempre.

Texto do Escritor Brasileiro Tony Casanova. Direitos Reservados ao autor. Proibida a cópia, colagem, reprodução de qualquer espécie ou divulgação em qualquer meio, do todo ou parte dele sem autorização expressa do autor sob pena de infração ás Leis Brasileiras de Proteção aos Direitos Autorais.
Copy Right 2014 by Brazilian Writer Tony Casanova.